Segunda geração da Web onde o conceito é a Web como plataforma, para uma comunidade e serviços na internet, com realce na colaboração e na partilha de informação. Há mais de 10 anos quando surgiu o e-marketing, os sites eram um género de cartão de visita sofisticado, que algumas empresas “mais na moda”, utilizavam para se apresentar a potenciais clientes na internet. A tecnologia tem permitido a evolução deste conceito até converter os sites iniciais em verdadeiras ferramentas de e-branding: a venda pela internet não é obrigatória; ou até mesmo aconselhável em certas ocasiões, algumas vezes a verdadeira chave para o sucesso é ser capaz de induzir o visitante a comprar através de um diferente canal. Para ajudar a atingir esse objectivo, nada melhor do que, permitir aos utilizadores que conheçam o negócio através de sites interactivos e social media que lhes possibilitem ter um papel activo no desenvolvimento de conteúdos. Existem muitos exemplos, o melhor é olhar para os rankings dos melhores sites do ano por sector para perceber o que melhor se faz nesta área.

"YOU ROCK JIM! I took the advice you gave me and made the changes you recommended to our website. You said it would take a little more than one month for the updates to take effect, so I stuck with it and didn't make any additional tweaks even though our rank went down. I just checked our rankings after Google's latest update and we're [edited out]. THANK YOU! In the amount of time we had together you gave advice on my on page optimization and content, and gave linking advice, and it worked beautifully. I can't wait to learn more from you." Jason H.
RSS (Really Simple Syndication) Marketing nasceu como um serviço destinado a actualizar os visitantes frequentes de blogs, as últimas mensagens sem que detenham a necessidade de visitar constantemente os weblogs. Quando um determinado cliente ou potencial cliente assina um RSS a partir de uma determinada empresa, este receberá informações num formato simples de texto, sem a necessidade de facultar o seu endereço de e-mail.
No tiene que preocuparse por cosas como el procesamiento de tarjetas de crédito. Esa es también la responsabilidad del comerciante. Puede pasar tanto o tan poco tiempo como desee promocionar su producto o servicio afiliado. ¿Qué necesita para convertirse en un afiliado exitoso? Programas de afiliados excelentes Elija sus programas de afiliados con cuidado. Busque programas de los que se enorgullecería promover y asociarse. Seleccione programas sobre los que sepa algo o tenga antecedentes. La promoción debe ser un placer en lugar de una tarea aburrida o un trabajo. Echa un vistazo al comerciante afiliado para conocer la legitimidad, la longevidad y el historial de pagos. Todos quieren que les paguen. Educación La compañía afiliada también debe tener un buen programa de capacitación y capacitación de seguimiento o talleres para mantenerse al día. Es extremadamente importante aprender todo lo que pueda sobre el producto o servicio que planea promocionar para que pueda promocionarlo con el mayor entusiasmo y confianza. La educación nunca debe detenerse. El tiempo dedicado a la búsqueda de la educación del producto cada semana está bien empleado. El potencial de ganar múltiples flujos de ingresos.
Normalmente, as campanhas ao clique são utilizadas por empresas de grande porte que procuram tráfego indiferenciado para seus sites. Tenha especial atenção ao tipo de regras e tracking que a empresa/anunciante realiza. Por vezes, são apenas contabilizados os cliques unitários e por IP, ou seja, se um mesmo usuário der dois cliques na campanha, você é remunerado apenas por um clique.
Seguramente una vez que tengas establecido la temática de tu blog y tu nicho del mercado, o tu audiencia, comenzarás a recibir invitaciones para unirte a diferentes redes de afiliación para tu público. Mientras tanto, te comparto una herramienta muy práctica Afiliado.com que te permite encontrar diferentes opciones según la temática de tu blog, por ejemplo: afiliados para viajes, música, deportes, cupones, etc.
Gross Rating Points (GRP) é a soma das classificações alcançadas por um canal de comunicação específico ou horário. Representa a percentagem do público-alvo alcançado por um anúncio. O GRP é uma medida do impacto de uma campanha, é igual ao produto da taxa de cobertura (Reach) pela taxa média de repetição (OTS – Opportunity To See), sendo: a cobertura (Reach) o número ou percentagem (neste caso % é taxa) de indivíduos da audiência alvo que estiveram expostos à “mensagem” pelo menos uma vez durante a campanha; e a taxa de repetição ou OTS o numero de vezes que, em média, o potencial consumidor esteve exposto à “mensagem” da campanha. No entanto o GPRs na internet ainda não pode ser comparado ao dos mass media como a televisão (TV), pelo facto do número de pessoas com acesso à internet ser inferior à das pessoas que vêem TV e pelo próprio conceito de GPRs, que tem que ser adaptado para ser eficaz no Digital media de modo a ser devidamente medido em campanhas de b-Marketing (blended marketing).

Brand awareness has been proven to work with more effectiveness in countries that are high in uncertainty avoidance, also these countries that have uncertainty avoidance; social media marketing works effectively. Yet brands must be careful not to be excessive on the use of this type of marketing, as well as solely relying on it as it may have implications that could negatively harness their image. Brands that represent themselves in an anthropomorphizing manner are more likely to succeed in situations where a brand is marketing to this demographic. "Since social media use can enhance the knowledge of the brand and thus decrease the uncertainty, it is possible that people with high uncertainty avoidance, such as the French, will particularly appreciate the high social media interaction with an anthropomorphized brand." Moreover, digital platform provides an ease to the brand and its customers to interact directly and exchange their motives virtually.[33]

The Nielsen Global Connected Commerce Survey conducted interviews in 26 countries to observe how consumers are using the Internet to make shopping decisions in stores and online. Online shoppers are increasingly looking to purchase internationally, with over 50% in the study who purchased online in the last six months stating they bought from an overseas retailer.[23]


"Was reviewing some competitive data and thought this was pretty interesting. I ran a batch analysis on Ahrefs of competitors. See attached screenshot. With just 603 backlinks, Our site is ranking up there with sites with 2x, 3x, 10x the number of backlinks/unique ips. Guessing some of this authority is coming from the backlinks program and general good quality of those links. Hard to speculate but nice to see." Ben R.
O marketing de afiliados não é algo novo. Há centenas de anos que pessoas trabalham em modelos de comissão semelhantes, e os chamados comissionistas existem há centenas de anos. Um bom exemplo desse tipo de trabalho seriam os corretores imobiliários. Eles divulgam imóveis dentro e fora da internet, recebendo uma comissão sobre a venda daquele imóvel.
×