According to Statistica, 76% of the U.S. population has at least one social networking profile and by 2020 the number of worldwide users of social media is expected to reach 2.95 billion (650 million of these from China alone). Of the social media platforms, Facebook is by far the most dominant - as of the end of the second quarter of 2018 Facebook had approximately 2.23 billion active users worldwide (Statistica). Mobile devices have become the dominant platform for Facebook usage - 68% of time spent on Facebook originates from mobile devices.

3. Obter o tipo de tráfego direccionado ao seu produto. Se a pessoa que visita o seu site não tem interesse nenhum no que está a oferecer, irão fechar a página, seguir em frente e nunca mais voltar. Escreva artigos específicos sobre os seus produtos e publique-os em sites próprios para tal. Desta forma, sabe que as pessoas que vêem as suas publicações são pessoas interessadas no que escreveu.
No início da internet comercial (antes de 2000) o banner era a principal peça de marketing digital. Com a evolução da tecnologia Flash da Macromedia, as peças deixaram de ser apenas GIFs animados, e evoluíram para Rich Media (internet rica) com muita interatividade e animações complexas. Com o crescimento do HTML5 e adoção pelos grandes navegadores web, o Flash deixou de vir instalado nessas aplicações e o HTML5, juntamente com CSS3 e o JavaScript, começam a ganhar esse terreno para fazer as complexas campanhas interativas.
É importante considerar que as raízes do marketing digital são muito semelhantes ás do “Direct Mail Marketing”(Marketing Postal Direto) onde anúncios para diversos produtos eram colocados em jornais e revistas com o objetivo de vender esses mesmo produtos à distancia por encomenda direta. A imprensa tradicional perdeu muito interesse com o facto de que as campanhas digitais podem ser analisadas detalhadamente em termos de eficácia, o que é impossível com anúncios em jornais e revistas.[3]
Points of sale e-management é um novo conceito de venda inteligente. Permite minimizar o tempo de compra e maximizar a satisfação, orientando os clientes para as prateleiras onde podem encontrar os produtos que costumam comprar. Oferecendo promoções personalizadas em função do registro de vendas. A tecnologia utilizada é a etiqueta inteligente RFID, etiquetas que aderem aos produtos permitindo a sua identificação à distância, sem a necessidade de qualquer contacto físico. Benefícios adicionais são a optimização da logística, dos armazéns, bem como a minimização do roubo e anti-pirataria. No entanto a principal vantagem é automatizar e personalizar as relações com os clientes, desde o ponto de vista de venda (ações para evitar falhas)até ao ponto de vista da gestão do stock. Existem vários exemplos de empresas que utilizam esta ferramenta, nomeadamente grandes cadeias de retalho como por exemplo a Walmart.
Una guía completísima y útil Frank. El asunto “publicidad frente a afiliación” es bastante interesante, sobre todo porque la publi convencional en Internet parece que ha tocado casi fondo. De hecho hasta el New York Times se interesa ahora por los enlaces de afiliados como via de diversificar ingresos y ha comprado una web que se dedica precisamente a eso, a revisar productos y obtener comisiones de Amazon, como modelo de negocio.
×